Arquivo da tag: software livre

II Encontro Livre à vista!

II Encontro Livre

A segunda edição do Encontro Livre – Disseminando Cultura e Conhecimento chega à Livraria Cultura Paço Alfândega  no início de março com um novo tema: Software Livre & Comunicação.

Considerada por muitos um dos pilares da revolução tecnológica, a sociedade em rede torna-se cada vez mais evidente ao proporcionar mudanças em diversas esferas sociais: surgem novos modelos de negócio, formam-se comunidades virtuais e se estabelecem novos paradigmas do trabalho, do capital e da liberdade. É neste contexto que despontam o modelo de desenvolvimento coletivo dos softwares livres e a inversão da lógica midiática.

O Software Livre é uma importante ferramenta para a prática da Inclusão Digital e tem desdobramentos políticos, culturais, econômicos, educacionais e sociais: é fruto da sinergia entre novas formas colaborativas de trabalho na rede, solidariedade e da difusão livre de conhecimentos. Ciente disto, a Prefeitura da Cidade do Recife, em 2001, foi a primeira cidade a instituir uma lei que regulamenta o uso preferencial de aplicativos com código abertos, livres de restrição proprietária quanto a sua cessão, alteração e distribuição nos sistemas e equipamentos de informática. Desde então, não só as prefeituras em todo o Brasil mas também o Governo Federal tem adotado o GNU/Linux como estratégia econômica para reduzir gastos, contribuir para o desenvolvimento de tecnologias da informação e otimizar sua administração.

Para os entusiastas, este sistema operacional proporciona um ambiente horizontal e de ajuda mútua no qual os indivíduos interconectados ampliam seus conhecimentos, cultivam aprendizados, estabelecem novas formas colaborativas de trabalho e, assim, contribuem para o crescimento da inteligência coletiva. Esta filosofia autônoma aliada à prática permite a apropriação das Tecnologias da Informação e da Comunicação, as chamadas TIC’s, o que resulta em um grande leque de possibilidades no que diz respeito aos processos de acesso e produção de conteúdo.

O II Encontro Livre torna-se uma peça relevante nesta construção pois apresenta soluções relacionadas ao Software Livre, difunde seu uso e desenvolvimento, integra a comunidade local e motiva os participantes a refletirem sobre Comunicação e sua relação com as novas tecnologias desencadeando, assim, um processo emancipatório e de caráter questionador.

Visite o Tuíter, o Identi.ca e a página do evento.

cadê o menu que estava aqui?

fui brincar de instalar o slim (gerenciador de login) e entre um teste e outro acabei com um problema nos painéis do xfce. Nem o menu nem a barra com os aplicativos abertos apareciam.

tentando resolver reinstalei o xfce, desinstalei o slim e nada.. Mas acabei achando uma solução bem simples executando o comando:

xfce4-panel

fonte: viva o linux

I CinLivre – Encontro de Software Livre do Centro de Informática

I CinLivre

Dê valor a liberdade, ou irá perde-la! É com esse lema que no dia 24 de outubro de 2009 (Sábado)  será realizado o primeiro encontro de software livre do Centro de Informática.

Alunos e professores, membros da comunidade, desenvolvedores e entusiastas do software livre estarão reunidos para discutir e compartilhar experiências sobre o uso de software livre e de código aberto, difundindo seu caráter de alternativa tecnológica viável que já transcende os aspectos tecnológicos e influencia a cultura, o direito e os conceitos de democracia e liberdade.

O CInLivre (I Encontro de Software Livre do Centro de Informática) é uma iniciativa de um grupo de alunos e ex-alunos participantes do grupo de usuários linux do Centro de Informática (CInLUG).

O objetivo do encontro é reunir a comunidade acadêmica, profissionais e usuários de tecnologia para discussão de assuntos relacionados a Software Livre, estimulando assim a disseminação da cultura agregada ao tema e ao mesmo tempo contribuindo na divulgação e estímulo do uso e desenvolvimento de software livre e de código aberto no nosso estado, seja ele no campo empresarial, acadêmico, junto a administradores públicos ou usuários finais.

O evento consiste na apresentação de palestras abertas a toda a comunidade. No mesmo sentido, as inscrições para assistir ao evento serão abertas a todos que se interessam pelo tema.

Para saber as últimas notícias sobre o I Encontro de Software Livre do Centro de Informática, acompanhe através da sessão Notícias ou através do Twitter cinlug.

LIBRES – evento multimídia

cartaz_libres

O LIBRES é um evento multimídia de arte e tecnologia que pretende desmitificar o conhecimento na área de arte e tecnologia, disseminar este saber, estimular sua apropriação e pesquisa, bem como divulgar seus frutos. Para isso, pretendemos intercambiar e divulgar os trabalhos e possibilidades artísticas e técnicas de multimídia interativa criadas com ferramentas baseadas em uma cultura livre para apropriações, recriações, mixagens e incrementações. A proposta abrange a troca de conhecimentos entre pesquisadores, desenvolvedores, artistas e público em geral, no intuito de estimular o uso destas plataformas no exercício de suas criatividades; assim como fomentar o aprendizado de processos tecnológicos através da interação entre obra tecnológica e público.

Para a realização do evento, a ideia é transformar o espaço em um museu sensorial e interativo, onde a maioria das obras apenas existem enquanto arte a partir da participação do público. O caráter do evento escapa à definição de simples mostra, já que, além da exibição dos trabalhos selecionados e produtos audiovisuais das oficinas realizadas no Nordeste pelo Centro de Desenvolvimento de Tecnologias Livres, com os Pontos de Cultura, outras obras serão acrescentadas ao espaço ao longo dos dias, posto que os criadores multimídia, desenvolvedores e artistas se apropriarão do espaço da mostra parra produzir arte ao vivo.

O encontro será realizado na Torre Malakoff, ponto turístico e central da cidade de Recife, lá, será montado ambiente para troca de experiências com artistas multimídia nacionais e internacionais. Participarão desenvolvedores da Itália, Espanha, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, Bahia, Natal.

Serão montados 3 laboratórios onde artistas, desenvolvedores, entusiastas de tecnologias livres se encontrarão para desenvolvederem juntos novas obras para o espaço com o objetivo de apresentar as metodologias de desenvolvimento multimídia com software livre. Esses laboratórios serão base para a  junção de pessoas ligadas a  ativistmo cultural, arte e tecnologia para imergirem em novas formas de desenvolvimento multimidia.

Também acontecerão debates e palestras dentro do tema, onde estas irão interagir na formulação teórica das obras a serem produzidas, expostas e vivenciadas por todos.

Confira a programação aqui.

mexendo com imagens

precisei diminuir varias fotos e convertê-las para .png, foi aí que descobri o imagemagick.

imagemagick é um software suite para criar, editar e compor imagens em uma variedade de formatos, incluindo png, jpg, gif, pdf, ps, svg, tiff. contamos com as funções flip, espelho, gira, escala, cisalhamento e transformar imagens, ajustar cores, aplicar diversos efeitos especiais, desenhar ou texto, linhas, polígonos, elipses e curvas bezier.

redimensionar imagens:

$ mogrify -resize 50% *.png
$ mogrify -resize 640x480 *.png

a outra opção que utilizei foi a converssão de formatos:

$ mogrify -format png *.jpg

fonte: imagemagick e mogrify

$ mogrify -format png *.jpg

habilitando usb no virtualbox – slackware 12.2

quando fui testar o modem 3g no windows (virtualizado no slack) precisei habilitar a usb no virtualbox.

1. descobrir o código do grupo plugdev:

$ cat /etc/group | grep plugdev:

o resultado será uma linha assim:

plugdev:x:83:root,seucolega

seu usuário deve estar no grupo plugdev

2. adicionar o ponto de montagem usb no fstab, com permissão de root:

# nano /etc/fstab

adicionar a linha abaixo substituindo o devgid pelo código do grupo plugdev:

none /proc/bus/usb usbfs devmode=664,devgid=83 0 0

exportando para .pdf no inkscape 0.46

esse post está como rascunho há um tempão por falta de tempo, estava correndo com o i encontro livre :D

lembro que tentei exportar usando a opção de impressão, arquivo > imprimir > imprimir para arquivo > formato de saída: pdf, mas o resultado não foi legal.

pesquisando no site do inkscape descobri outra forma de exportar para .pdf:

1. arquivo > salvar como > escolha o tipo “pdf via cairo”
2. selecionar a opção “converter textos em caminhos”

pronto, pdf criado!