Arquivo da tag: configuração

monitorando a bateria do lap no slackware 12.2

tudo começou terminou quando alguem (né celinha?) disse que minha bateria estava perto de acabar. dito e feito, o lap apagou..

assim que cheguei em casa fui pesquisar, achei um plugin para o xfce no slackbuilds, segue a instalação:

1. baixar o pacote slackbuild:

$ wget http://slackbuilds.org/slackbuilds/12.2/desktop/xfce4-battery-plugin.tar.gz

2. descompacta-lo:

$ tar xvf xfce4-battery-plugin.tar.gz

3. entrar na pasta criada pela descompactacao do arquivo slackbuild:

$ cd xfce4-battery-plugin

4. baixar os fontes do plugin:

$ wget http://goodies.xfce.org/releases/xfce4-battery-plugin/xfce4-battery-plugin-0.5.1.tar.bz2

5. executar o script do slackbuild (como root):

# ./xfce4-battery-plugin.SlackBuild

(será gerado um arquivo .tgz na pasta /tmp)

6. instalar o pacote .tgz:

# installpkg /tmp/xfce4-battery-plugin-0.5.1-i486-1_SBo.tgz

(agora você pode excluir o .tgz que está na pasta /tmp ou movê-lo para onde quiser)

7. clique com o botão direito na barra do xfce e escolha “adicionar novo item”, aparecerá na lista a opção “monitor da bateria”.

monitorbateria

Anúncios

montando um pendrive a partir do ícone no desktop – slackware 12.2

quem usa o xfce já viu que ao colocar um pendrive aparece um ícone no desktop. mas ao tentar monta-lo surge um erro de permissão. isso é resolvido adicionando seu usuário ao grupo plugdev.

# nano /etc/group

procure (ctrl + w) pela linha “plugdev:x:83:root” e escreva o seu nome de usuário separado por vírgula: plugdev:x:83:root,nome_de_usuario

reiniciar o módulo d-bus:

# /etc/rc.d/rc.messagebus reload

pronto, já podemos montar os dispositivos automagicamente (como diria celinha)

fonte: tutorial de piter punk no stoa.usp.br

config -rapida- de rede no slackware

liguei o lap sem o cabo de rede, depois quando conectei o cabo a placa não piscou nem nada. da outra vez que isso tinha acontecido eu reiniciei e funcionou, mas dessa vez eu fui dar uma pesquisada. ai vai o resultado:

# /sbin/ifconfig eth0 up
ethX onde o “x” no meu caso foi 0 (zero), pois estava querendo ligar a primeira placa de rede. o “up” liga, e o down “desliga”.

com isso a placa acendeu.

mas ao dar um ping nao estava recebendo nada, fui ver meu ip (/sbin/ifconfig) e vi que a configuração do servidor dhcp na veio.

foi ai que descobri o /etc/rc.d/rc.inet1 start
esse start pode ser um restart ou um stop

agora ficou certinho

configurando a resolucao do monitor no slackware 12.1

a resolucao de tela padrão no slackware é 1024 x 768, mas eu queria colocar para 1280 x 800 pixels. tentei arrumar pela tela de configuração de monitor do xfce, mas lá não aparecia essa resolução como opção. lembrei que nas minhas andanças pelo xorg.conf, quando estava arrumando o teclado, encontrei algo sobre isso la.

vamos abrir o xorg.conf com permissão de root:

sudo nano /etc/X11/xorg.conf

procure a seção “Screen”, nela existem várias subseções “Display”, vamos usar a subseção que tem a chave “Depth” igual à chave “DefaultDepth”. agora vamos incluir nossa resolução na lista de “Modes” disponíveis.

ficará assim:

Section “Screen”
(..)
DefaultDepth   24
(..)
SubSection “Display”
Depth      16
Modes      “800×600” “640×480”
EndSubSection
SubSection “Display”
Depth      24
Modes     “1280×800” “1024×768” “800×600” “640×480”
EndSubSection
EndSection

feito isso, devemos reiniciar o modo gráfico.

configuração do teclado + scroll no slackware 12.1

como celinha ja explicou no pinguinha – eu e seu colega estamos nos aventurando no slackware -, vou dar um “control c/v” no tutorial de configuração do teclado e do scroll do mouse.

configurando o teclado pra abnt2:

clique em alt + F2 e digite “kcontrol” para abrir a tela do centro de controle do kde. nela, é possível realizar diversas configurações, entre elas, o layout do teclado. é só clicar em Regional & Acessibilidade > Layout de teclado. nessa aba, selecione a caixinha para habilitar os layouts e escolha “Brasil”, “abnt2″, “br”.

configurando o scroll do touchpad:

achei um tutorial muito bom, que explica o problema, fala sobre o módulo e a configuração no xorg.conf. segui o passo-a-passo e deu tudo certo. aliás, precisei mudar um detalhezinho no final, mostro já.

primeiro, é necessário editar o módulo do mouse que vem por padrão. pra isso, entre em /etc/modprobe.d/psmouse usando qualquer editor de texto (nano, vi, gedit) e comente a seguinte linha usando o casa-da-velha (#):

# Options psmouse proto=imps

pra recarregar o módulo, digite como root:

rmmod psmousemodprobe psmouse

baixe a versão mais atualizada do synaptics usando o git:

git clone http://web.telia.com/~u89404340/touchpad/synaptics/.git

em seguida, edite o arquivo /usr/include/xorg/miscstruct.h alterando a linha #include <pixman.h> para include <pixman -1/pixman.h>. está tudo pronto pra compilar e instalar:

# cd synaptics# make

# make install

feito isso, retorne a configuração original do /usr/include/xorg/miscstruct.h, abra o /etc/X11/xorg.conf e acrescente as seguintes linhas:

Section “InputDevice”Identifier “Synaptics Mouse”

Driver “synaptics”

Option “Device” “/dev/psaux”

Option “Protocol” “auto-dev”

# enable SHMConfig if you want to enable synclient

# NB: enabling SHMConfig is insecure, since any user can invoke it

# Option “SHMConfig” “on”

Option “LeftEdge” “1700″

Option “RightEdge” “5300″

Option “TopEdge” “1700″

Option “BottomEdge” “4200″

Option “FingerLow” “25″

Option “FingerHigh” “30″

Option “MaxTapTime” “180″

Option “MaxTapMove” “220″

Option “VertScrollDelta” “100″

Option “CornerCoasting” “1″

Option “CoastingSpeed” “3″

Option “MinSpeed” “0.09″

Option “MaxSpeed” “0.18″

Option “AccelFactor” “0.0015″

# Option “Repeater” “/dev/ps2mouse”

EndSection

na seção “Module” adicione a seguinte linha:

Load “synaptics”

finalmente, na seção “ServerLayout”, segundo o tutorial, devem ser acrescentadas as duas linhas a seguir:

InputDevice “Mouse0″ “CorePointer”InputDevice “Synaptics Mouse” “SendCoreEvents”

e reiniciado o X. mas não consegui bootar por causa desse erro aqui:

Fatal server error:

no screens found

giving up.

resolvi editando o /etc/X11/xorg.conf novamente. mudei para InputDevice “Mouse1″ e funcionou!

observação: o eu-lirico aí é celinha, retirei o post do pinguinha